• Dra. Tamara Haesbaert

Saiba um pouco mais sobre os medicamentos para a obesidade




Muitas vezes se faz necessário associar um medicamento para auxiliar o paciente obeso a conseguir atingir suas metas no tratamento da obesidade. Isso porque sabemos que seguir a dieta prescrita e a atividade física recomendada muitas vezes podem ser tarefas muito difíceis e muitas pessoas possuem desequilíbrios bioquímicos culminando em estados de ansiedade, compulsão alimentar, bulimia, transtornos do comer noturno, dentre varias outras condições que podem ser melhor controladas com o uso de medicamentos.

Os medicamentos utilizados atualmente para perda de peso podem agir de diversas maneiras, inibindo diretamente o apetite no centro da fome, dando uma sensação de saciedade pelo retardo do esvaziamento gástrico e com isso reduzindo a ingesta alimentar por refeição, aumentando o gasto energético basal e por isso aumentando a queima calórica do organismo, inibindo a absorção de gorduras pelo trato gastrointestinal, inibindo a compulsão alimentar e a ansiedade, dentre outros.

As medicações permitidos para tratamento da obesidade atualmente no Brasil são:

✅Sibutramina

✅Orlistate (in label)

✅Liraglutida (in label)


Porém, muitas outras medicações podem ser usadas de forma OFF LABEL com bons resultados. Isto significa que são medicamentos que foram desenvolvidos para tratamento de outras doenças. No entanto, com o conhecimento maior destas drogas e com seu uso rotineiro, foi-se percebendo que são medicações que causam perda de peso na maioria dos pacientes, de forma que hoje em dia são muitas vezes utilizadas diretamente para este fim.

Cada paciente, conforme seu padrão alimentar (definido pelo seu médico) poderá se beneficiar mais ou menos de cada classe de medicação.

2 visualizações0 comentário