• Dra. Tamara Haesbaert

Semaglutida ganha versão oral no tratamento do Diabetes Tipo 2


Os análogos do GLP-1 ganharam destaque no tratamento do diabetes Tipo 2 nos últimos anos.


São medicamentos injetáveis por via subcutânea, agora em temos mais uma opção para os pacientes com diabetes Tipo 2: a versão em comprimido. Ingerido diariamente, em jejum, com cerca e 120 ml de água, pelo menos meia hora antes do café da manhã.


Assim como as medicações injetáveis, além de ajudar no controle da glicemia, leva a perda de peso e redução de desfechos cardiovasculares como morte cardiovascular, infarto e AVC.


O que você achou da novidade?

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo